Playlist - Músicas de superação pra escutar no volume mais alto

Existe música pra relaxar, música pra balada, música para os momentos calientes como já mostrei nesse post aqui, mas minhas favoritas são aquelas que a gente coloca no volume mais alto, canta junto e vai, sei lá, procurar as coisas do safado que te deu um pé na bunda e jogar tudo pela janela. Porque eu tenho certeza que, se essa cena da sua vida tivesse trilha sonora, ia estar tocando uma dessas músicas.

Poder e superação, aqui vamos nós!

1- Kelly Clarkson - Since U Been Gone 
Essa é pra gritar, pular e desafinar horrores no refrão porque... né? Ninguém aqui é a Kelly Clarkson. Mas quem se importa? Os vizinhos que chamem a polícia. Ou uma ambulância com camisa de força!

 
 
2- Destiny's Child - Survivor
A adolescente dentro de mim, aquela que mal sabia o verbo To be e não fazia ideia do que a música falava, já sonhava em ser ao menos 10% tão diva quanto a Kelly, a Bey ou a Michelle. Elas sobreviveram um naufrágio e continuavam lindas, malhadas, maquiadas e bem penteadas. Quer dizer, quem não ia querer isso?

 
 
3- Sara Bareilles - King of Anything
Essa música me ensinou a ser mais eu. Tá, a vida me ensinou a ser mais eu. Mas, se tem uma música que me ajudou a superar alguma coisa, com certeza foi essa. Se Sara Bareilles tivesse escrito essa música pra mim, eu teria acreditado. E, porque eu vivi exatamente a mesma coisa, essa virou minha música girl power favorita!

 
 
4 - Lilly Allen - Fuck You
Reza a lenda que a Lilly Allen escreveu essa música pra o George Bush. De cuzão em cuzão que a gente leva a vida, certo? (Eu podia ter falado isso? Dá processo? Eu sou hater agora?)

 
 
 5 - Gloria Gaynor - I will survive
Genteporfavor, eu passo mal ouvindo essa música! O Hino do girl (e gay) power, que nunca vai ficar ultrapassado! Pode cantar I will survive em qualquer dor de cotovelo que você tiver para o resto da vida que vai ser um sucesso, prometo!

Ps para a patinadora dançarina divando! "Vamos falar em superação, amigue! Você tá ótima!"



Agora, se você quer saber a música que me tira de todas as fossas, aquela que sempre escuto bem alto, com uma garrafa de Desperados na mão, de preferência, vou fazer uma confissão. Não é exatamente mulher poderosa, é só o mais profundo e intenso dos poderes, e se chama Tareco e Mariola, do Flávio José, mais conhecida como "Eu não preciso de você".


Não acredita? Presta atenção na letra um instante:
 
 
Porque, no final das contas, quem é você pra derramar meu mungunzá?
Pensem nisso! Beijos, fui!

Nenhum comentário